Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Menu Alquimia: Para que servem os Exercícios Básicos do Hermetismo?

PARA QUE SERVEM OS EXERCÍCIOS BÁSICOS DO HERMETISMO?



Original do ótimo blog: Teoria da Conspiração 

"MDD, me explica algo:
Me impressiona muito todos esses exercícios colocados no site, e os colocados no Arcanum Arcanorum. Parece algo impressionante que nos motiva a explorar o invisível.
Mas, falta algo fundamental: PRA QUE SERVE TUDO ISTO? VOCÊ DÁ O EXERCÍCIO MAS NÃO DIZ PARA QUE SERVE!
Praticar os exercícios de visualização, da vela, diário do sonho, projeção astral, tudo isto: Vai nos fazer Feliz? Nos fará nos conhecermos melhor? Fará nos sentirmos mais vivos? Encontraremos nosso “Anjo Guardião”? E que diabos é isso afinal? Como uma pessoa pode se motivar a atingir um objetivo se ele não foi descrito com precisão?
Enfim…se puder responder….

Salve, pequeno gafanhoto!

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O nascimento de Hércules, Os Caminhos de Hércules.

Hoje trago a nosso amigos da Arcanoteca dois excelentes vídeos do canal:  Foca na História 

O NASCIMENTO DE HÉRCULES


Conheça a história do nascimento de Hércules, o maior de todos os heróis de Mitologia Grega. 



OS CAMINHOS DE HÉRCULES 


O jovem Hércules está crescendo e ficando cada vez mais forte O Rei Anfitrião o educa e prepara para cumprir os planos de Zeus. Mas caberá a Hércules escolher o caminho que deseja traçar.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Menu Mitologia Grega: Apolo e a Morte de Asclépio

APOLO E A MORTE DE ASCLÉPIO




Somente uma vez Apolo causará desgosto a seu pai, Zeus. Mas esse desgosto será o maior que o rei dos deuses jamais poderá sofrer. 

Tudo começa depois de Apolo se deitar com a mortal Corônis. Embora ela carregue um filho seu, apaixona-se por um príncipe. Ao saber da traição, Apolo mata a mulher e o amante, mas consegue salvar, ainda na barriga da mãe, seu filho Asclépio. 

Conforme Asclépio se torna adulto, começam a surgir por todos os cantos do mundo histórias de que ele não só cura os doentes como consegue trazer os mortos de volta à vida. Hades, rei do Tártaro, se irrita com a audácia daquele que rouba almas de seu reino sombrio e envia ao Olimpo uma queixa formal contra o filho de Apolo. Zeus julga correta a indignação de seu irmão e, com o seu raio, sentencia e executa a pena de morte de Asclépio. 

sábado, 10 de dezembro de 2016

Mitologia Egípcia: O Livro dos Mortos

O LIVRO DOS MORTOS



Livro dos Mortos (cujo nome original, em egípcio antigo, era Livro de Sair Para a Luz) é a designação dada a uma coletânea de feitiços, fórmulas mágicas, orações, hinos e litanias do Antigo Egito, escritos em rolos de papiro e colocados nos túmulos junto das múmias. O objetivo destes textos era ajudar o morto em sua viagem para o outro mundo, afastando eventuais perigos que este poderia encontrar na viagem para o Além.

sábado, 3 de dezembro de 2016

Estamos de Férias




Apenas para comunicar a nossos queridos leitores que estaremos de ferias nos próximos dias, sendo assim, as atualizações não serão diárias, mas sim feitas o quando for possível esperamos que entendam e continuem a visitar a Arcanoteca. 



Menu Mitos e Lendas: O Dêmonio de Jersey

O DÊMONIO DE JERSEY



O Demônio de Jersey é uma criatura / criptídeo dito habitar a floresta de Pine Barrens, ao sul de Nova Jersey, EUA.. As supostas testemunhas que relataram encontros com esta criatura, afirmam que ela tem cabeça de cavalo, erguida em duas patas, tem uma altura de quase dois metros, é coberta de pelos por todo o corpo, possui asas parecidas com as de um morcego e com patas como as de um canguru.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Menu Mitologia Grega: A maldição de Arsínoe

A MALDIÇÃO DE ARSÍNOE



Arsínoe era filha do Rei Fegeo de Psófide. Certo dia chegou ao reino Alcmeón, buscando proteção contra as Erínias que o perseguiam por ter matado a própria mãe. Arsínoe apaixonou-se por Alcmeón e o rei consentiu no casamento. No entanto, as erinias continuavam a perturbar Alcmeón e aconselhado pelo oráculo de Delfos, ele partiu para as terras junto ao Rio Aqueloo prometendo a Arsínoe que voltaria. 

Quando Alcmeón chegou ao Reino de Aqueloo, tornou-se amante e casou-se novamente com Calírroe, a filha de Aqueloo, e teve com ela dois filhos. Passado algum tempo, Calírroe pediu a seu marido o colar e a túnica que tinham sido de sua mãe, mas Alcmeón já tinha presenteado a Arsíone. Alcmeón voltou ao Reino de Psófide e convenceu à ingênua Arsíone de lhe dar o colar e a túnica, dizendo que deveria entregá-los ao oráculo de Delfos para se livrar das Erinias. Confiando nas palavras do marido, sem saber que ele havia se casado novamente, Arsíone atendeu ao pedido sempre acreditando que ele voltaria para ela.